31 de jan de 2015

Green Pants

Uma pequena crônica, inspirada num dia qualquer que passei em meu colégio.

 Ficar sentada no intervalo, dormindo ou observando as pessoas com as minhas amigas, sempre foi isso que fiz. É estranho observar certas pessoas, e um pouco divertido.
 Quanto tempo será que demorou para escolherem a roupa e arrumar o cabelo? Se é que fizeram isso, porque eu me lembro de quando eu não tinha nem vontade de ir para escola quanto mais me arrumar pra ela. Será que eles gostavam de lá ou odiavam este lugar tanto como eu? Por que todos ficam em grupos? Achei isso bem estranho... será que eu fui a única estranha que já passou alguns intervalos sozinha, pensando em coisas totalmente nonsense e ficando triste comigo mesma?
 De vez em quando, eu me perdia nesses pensamentos... na verdade, ainda me perco.
 E lá estava eu, novamente, do lado de fora da sala encarando a multidão, quando de repente me pego observando um garoto com calças verdes, perto da escada. 
 Minha amigas fizeram um comentário e eu ri, por fora, até mesmo falei que achava um tanto quanto estranho.
 Não pude evitar de me sentir mal ao voltar para a sala.
 Quem sou eu para falar assim? Pedi desculpas mentalmente para ele. Isso fez com que eu pensasse se alguém já comentou algo parecido sobre mim, por alguns segundos me coloquei em seu lugar e passei a admirá-lo.
 Admirar seu estilo e, sim, coragem por ser daquele jeito.
 Passei a observá-lo todos os dias, era mais novo do que eu e parecia não se importar com os olhares que recebia. 
 Perguntei-me como pude julgá-lo daquela forma, ou melhor, sua roupa.
 E, veja só... ele é mais corajoso do que eu.

I think you shouldn’t be scared about embarrassing yourself. I think it builds character.
— Harry Styles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Comentando vocês nos incentiva a continuar postando e podemos saber de sua opinião quanto ao post e/ou o blog!

OBS: Por favor. Vamos manter a postura.
Sem xingamentos com palavras de baixo calão