25 de out de 2014

Happy B-day (?)


 Pois é. Mais um ano se passou, aqui estamos nós novamente.
 Hoje é meu aniversário, estou completando 17 anos e, assim como o ano passado:
  • Não sei o que quero da vida
  • Não sei que curso vou fazer
  • Minha vida se resume, ainda, em estudar e evitar eventos sociais
  • Ainda odeio comemorar meu aniversário
 Yeah, isso tudo, e o pior é que eu tenho que fingir que gosto e ficar falando muito "obrigada", sendo que no fundo eu detesto essa data, por motivos aos quais não vale à pena citar aqui.
 Contudo, acho que mais importante que lhes informar que estou ficando mais velha, seria eu falar o porquê que eu sumi por um tempo.

 Simples.
 Bateu um desânimo e depressão maior do que dos outros dias - porque, sinceramente, eu sempre me sinto meio depressiva, basta parar por um segundo para pensar na minha vida ou, simplesmente, parar, que eu começo a pensar nessas coisas, é automático, e por, mais estranho que soe, é o meu diferencial e aquilo que me fez "crescer por dentro". Meus textos saíram depressivos, perdi a vontade de entrar aqui no meu blogger e até abandonei um layout que eu estava começando a preparar para poder, de fator, editar para o próximo ano, porque fiquei tanto tempo longe que estava me confundindo com meus próprios códigos (como se não bastasse eu ser assim quanto aos meus pensamentos).
 Talvez meu próximo post esclareça isso melhor, enfim.

 Entretanto, nesse post, eu mudei de ideia enquanto o escrevi e vou, sim, dizer o porquê que eu odeio comemorar meus aniversário.

1. Eu estou ficando mais velha, cara = próxima da morte
 Eu nunca entendi o porquê que as pessoas falam "parabéns". 
 Dude, eu estou ficando velha, mais próxima dos problemas de estresse dos 20 anos, das cargas horárias exaustivas dos 30, da vista cansada dos 40 e das crises de 50 - fora o resto, porque depois dos 50 a saúde descamba, pelo menos para a maioria. 
 Além de que, eu já bolei o plano de viver somente até os 50, porque depois... sei lá, pensei bastante nisso e, por incrível que pareça, a mais sou menos um três anos. Então, yeah, cinquenta já tá bom.


2. Eu odeio minha atual situação, e dizer que me deseja "mais anos de vida" não ajuda, okay?
 Pois é.
 Não sei o porquê quando tu tá com depressão ou triste sempre vem um otário falar:
 "Não fica assim, você é jovem (no meu caso) e tem muito chão pela frente".
 CARALHO, TU QUER ME MATAR? Cara, se eu já não tô aguentando essa merda com 17 anos tu quer mais anos pra MIM? 
 Geralmente, simplesmente ficar lá do lado, de boca calada, do lado da pessoa já é o suficiente, belê?
 Então, guia para a minha situação:
 1. Fale menos, me ouça mais
 2. Não tente me consolar
 3. Não me deseje mais anos
 4. Não me critique por isso

3. Nunca faço nada de especial e quando tento fazer dá merda (ou seja, um aniversário pior que o outro)
 Eu nunca tive uma festa de aniversário da qual gostasse, minha mãe raramente acerta os meus presentes (o que me faz questionar constantemente o quanto ela acha que me conhece, apesar de que vez ou outra ela acerta, tipo dessa vez, mas até ela falou que se eu não gostasse poderia trocar), meus amigos sempre desmarcam comigo, ou surge um compromisso importante ou até esquecem - já esqueceram - e por isso nunca comemorei entre amigos, uma vez quando era pequena e foi a única vez que eu realmente desejei comemorar esse dia, choveu e caiu na semana da eleição, só pra você ver como criar expectativas sempre me ferrou. Resumindo, não fiz nada e tive que ouvir meu pai reclamar dos políticos. Já até comemorei meu aniversário fazendo prova. Minha mãe até que tenta, mas nunca dá certo... eu nunca consigo ficar, realmente, com o sentimento "feliz de comemoração", não dá. Talvez por ser no dia do meu aniversário que eu não consigo esconder que quem está mais triste com essa situação ou eu.
 E, quando chega o dia... no fim, é só mais um dia normal com palavras mentirosas, ou apressadas, no meu facebook, e só. 

 Por isso eu não gosto.
 Por isso eu não comemoro.
 Por isso, pra mim, é só mais um dia ao qual eu tenho que fingir, para algumas pessoas, com mais força que estou feliz.

P.S: Podem me desejar feliz aniversário, ou não desejem (deixei bem claro que não ligo), porém irei agradecer, porque minha mãe sempre me disse que é o mínimo kkk'


Nunca permita que sua felicidade dependa de algo que possa perder.
— Rosa de Saron.

2 comentários:

  1. Eu não sei como funciona com você, mas eu fui me agarrando em coisas que me faziam sentir vontade de viver e fui largando das coisas que me faziam perder essa vontade. Deu certo (demorou, mas deu). Tudo desandou esse ano, mas eu recupero. (já falei que 2014 pode acabar? deveríamos pular para fevereiro de 2015)
    Eu acho que se é uma situação que você pode mudar, mude. Sobre ter aniversário esquecidos? Já tive. Eu mesma já esqueci. E nem todos os parabéns do facebook são falsos, eu só dou parabéns pra quem eu quero. hahaha Fiz um aniversário uma vez, e quase ninguém foi (tinha muita comida). Mas isso passa. Eu não comemorei os meu 19 e foi péssimo. Não gosto muito de aniversários e agora que vou completar 20, então... kkkkkkk
    Mas eu vejo a vida como um aprendizado e entendo que o importante é crescer mais a cada dia (isso me motivou a seguir em frente e também lembrar que tudo passa, até uva passa: pode rir hauhauha).
    Isso não é um consolo, viu? Isso é um "funcionou comigo, talvez funcione com você". Talvez você já tenha tentado. Talvez não queira tentar. Afinal, é a sua vida, suas escolhas. Eu já falei o mesmo para familiares e amigos mais próximos que passam por algo assim. Funcionou para alguns deles...
    Talvez você me odeie agora. Mas seus comentários já me ajudaram várias vezes. Quem sabe o meu não possa te ajudar? Se não ajudar, desculpa aê. Eu tenho reais problemas em ouvir mais do que falar. Eu sempre falo mais, até pelos cotovelos. E digo mais: já passei por isso, viu? Mas a vida é feita de escolhas, então sem pressão acerca disso.
    Só tenho uma coisa para dizer: é a sua vida. suas escolhas. pode haver uma pressão enorme da sociedade ou de você mesma, mas ainda são as suas escolhas. ainda é a sua vida. você pode escrevê-la. lembre-se disso, certo? Eu gosto de você e te desejo sim, um feliz aniversário. Começando no ponto de que, desejo que você comece a gostar dele. hahaha Eu também fico meio deprê em meu aniversário, estou sofrendo desde que completei 19 por saber que já no próximo (dã), faria 20. Mas, tudo depende do nosso ponto de vista, viu?
    Feliz aniversário! Espero que depois disso você não me odeie. hahaha Sério. Eu queria também, assim, comecei o projeto com uma outra blogueira, para reunirmos blogs parecidos e tal, sabe? Pensei em você e em outra blogueira que eu sei que você gosta também e assim indo nos reunindo, nos ajudando, sabe? Que você acha? Ainda está tudo muito na teoria, mas eu acho que seria tão, tão legal. Poderíamos nos ajudar. Criar posts coletivos, coisas assim. Que me diz? Espero que diga siiiiiim.
    Continue no projeto de layout! Também tô tentando fazer um, mas ainda estou andando bem lentamente. hehe

    ResponderExcluir
  2. Te desejo parabéns, mesmo que não te agrade rs. chega uma hora que aniversário para de fazer o sentido, sua idade e responsabilidades só aumentam e tempos para fazer nada diminuem, sei como é odiar ficar mais velha, porém há um lado bom, se você olhar pelo lado de quê você vai poder fazer faculdade, ou viajar sozinha, procure o lado bom das coisas mesmo que seja difícil.
    beijos

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar!
Comentando vocês nos incentiva a continuar postando e podemos saber de sua opinião quanto ao post e/ou o blog!

OBS: Por favor. Vamos manter a postura.
Sem xingamentos com palavras de baixo calão