6 de jul de 2014

A perseguição às Modinhas


 Pois é.
 Eu já tinha escrito algo relacionado às pessoas que " tem medo do que não entendem", porém, a ideia para este post surgiu após eu ter lido uma postagem em outro blog um tanto quanto... cheia de ódio sobre o assunto, e decidi parar para pensar um pouco e disso surgiu esta reflexão, talvez ainda muito superficial, mas na verdade tudo que relacionada as pessoas... outras pessoas, não importa o quão fundo você chegue, jamais será capaz de compreende-las, nós mal somos capazes de nos compreender, quem dirá os outros.
 Bem, vamos começar pela definição de modinha. Que é uma palavra beeeeemmm pejorativa para dizer que "algo está na moda" e "todos estão usando, vendo, ouvindo, lendo".
 Ultimamente, todos tem crucificado aqueles que são considerados seguidores da modinha ACÉDE (A Culpa é das Estrelas). Falando que só leram porque está na moda e tudo o mais.
 Isso quer dizer que só porque você leu quando ainda não estava na lista de mais vendidos... você é... melhor
 Na verdade. Eu apoio qualquer tipo de modinha relacionada à literatura. Qualé. Todo mundo reclama que o brasileiro nunca lê e quando lê alguma coisa, por ser considerada "modinha", crucificam e jogam pedras em todos.
 Então para gostar ou ser fã de "verdade" (seja lá o que "fã de verdade" signifique) você deve ver/ouvir/ler antes de se tornar algo popular? Ou deve saber sobre tudo? Não basta curtir o trabalho? E, pense no artista, autor, ou estilista, se você é fã de verdade quer que eles fiquem o mais conhecidos possível, porque aí seu trabalho será reconhecido e os incentivará a continuar, não seja egoísta e mesquinho.
 E essas mesmas pessoas que abominam o que saí nas revistas, e as pessoas seguem essas tendências, são, geralmente, aquelas que falam "sejam vocês mesmos, ou sejam quem quiserem ser" e essa baboseira. Bem, e se a pessoa estiver feliz assim? E se ela descobriu essa coisa que ela gosta por estar na moda? Quem é você para apontar o dedo na cara dela e dizer que ela só está seguindo modinhas ou que é um "poser"? Você conhece essa pessoa o suficiente? Na verdade, a gente nunca sabe como as outras pessoas realmente se sentem em relação às coisas (e, até, outras pessoas).
 Ou seja. Tudo gira em volta de uma enorme suposição quanto aos outros.
 A gente fica supondo coisas que nem tem nada a ver com nós mesmos... e esse tipo de coisa.

A verdade é que, ninguém vai te entender até que passe pela mesma situação.
— O menino do pijama listrado   

4 comentários:

  1. Caramba, seus posts são muitos inspiradores...! Depois que li o texto (com o qual me identifiquei infinitamente) sobre coisas para aprender nas férias, fiquei procurando pelos botões de compartilhamento para dar um + no Google+, porque, viu, ficou muito bacana. Daí, como não achei, fui lá e tasquei seu blog no Bloglovin para eu poder agir como uma boa menina e acompanhar suas atualizações mais assiduamente! Tasquei-o na página "Outros mundos" do Jeito Único, também.

    Pronto, já disse o que sinto e o que fiz a respeito da minha admiração pela originalidade do seu blog, agora posso começar a comentar o post em questão.

    O que penso é que virou modinha apontar o dedo pro outro e falar que ele segue modinha. Começou quando popularizaram a palavra "poser" (tenho vergonha de admitir, mas até o final do ano passado eu usava demais essa expressão), daí se você respirasse, você estava sendo poser, porque todo mundo respirava também. Então se o sujeito parava de respirar e morria, ele estava sendo, mais uma vez, poser: um monte já havia morrido antes que ele sequer pensasse em morrer.

    Deste comentário, tente absorver só o que faz sentido, ok? Asuasuhahs'

    Beijos ♥ Jeito Único

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. >///////////< oh... Lari... VONTADE DE TE ABRAÇAR.
      Sua linda, já coloquei o seu link na área dos que eu leio faz muito tempo, mas tô começando a achar que devo dar mais destaque naquela área (ah, vou trocar de lay em dezembro... sim, só irei trocar no final do ano porque estou com preguiça de bolar um novo... apesar de já ter ideias XD).

      Eu também já fiz muito isso... mas acho que quando a gente percebe o quão idiota é, paramos, e isso faz com que a gente cresça.

      Absorvi tudo, moça u3u
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Muito obrigada sua linda <3

      Excluir
  2. O problema é que se só você conhece uma determinada banda ou livro te julgam porque diz que é ruim o bastante só pra você conhecer e se é muito conheciam dizem que você só lê livros midiaticos, isso que acontece, independetemente de qualquer fator sempre haverá julgamentos.
    Eu tento sempre seguir a linha imparcial, fico até feliz quando alguém que não lê leia algum livro que está na mídia, o problema é quando a pessoa só vê as adaptações pro cinema e vai brigar com quem leu o livro rs.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que é verdade, todo mundo julga, até mesmo eu tenho que me policiar e parar para pensar: Bem... pode não ser bem assim...
      Sempre irão brigar, igual em GoT, o povo da série vs povo do livro. E eu... bem, prefiro ficar com os dois XD

      Excluir

Não saia sem comentar!
Comentando vocês nos incentiva a continuar postando e podemos saber de sua opinião quanto ao post e/ou o blog!

OBS: Por favor. Vamos manter a postura.
Sem xingamentos com palavras de baixo calão