12 de jun de 2014

Give them a Yellow Card!



GIVE THEM A YELLOW CARD!
DÊ A ELES O CARTÃO AMARELO

 Não sou contra a Copa, em si, mas sim o fato de ela estar acontecendo num momento impróprio. Na moral, o que nós precisamos agora NÃO é esse evento ou as Olimpíadas. Porém, eu comemorei com a vitória de hoje, muito embora eu não goste de futebol.
 Mas, não posso fechar os olhos e fingir que as manifestações em torno do estádio e nas ruas de São Paulo não aconteceram. E nem que não foram reprimidas com muita violência.





 PROTESTAR NÃO É UM CRIME!

Texto: Anistia Internacional Brasil

O mundo está de olho e o Governo Federal está prestando atenção. Até o dia 2 de junho, 86,000 pessoas assinaram a petição para a primeira entrega dos cartões amarelos ao Governo Federal no dia 5 de junho, apenas uma semana antes do pontapé inicial da Copa da Mundo. Não podemos parar agora! Vamos garantir que as autoridades também ouçam nossas demandas durante a Copa. Nós também iremos compartilhar suas assinaturas com os governadores dos estados das 12 cidades-sede do evento. Por favor, continue pressionando e compartilhe com seus amigos e amigas!

Protesto não é crime

A preparação para a Copa do Mundo levou a grandes manifestações públicas e protestos aos quais a polícia tem respondido com o uso de força e, em alguns casos, armas "menos letais”, como bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha.
Protestos devem continuar a acontecer nas próximas semanas. Regulamentações e treinamentos inadequados para o policiamento de manifestações apresentam um risco de provocar mais ferimentos a manifestantes devido ao uso excessivo da força pela polícia.
Todas as pessoas têm o direito de protestar de maneira pacífica – exercer seu direito humano a liberdade de expressão e manifestação pacífica – e o governo brasileiro tem a obrigação de garantir que possam exercê-lo. Por isso estamos dando o cartão amarelo ao governo brasileiro!
Juntos, nós podemos usar nossa liberdade de expressão e enviá-los um aviso. Junte-se a nós e entre em ação agora.
Preencha o formulário ao lado e nós enviaremos o seu nome junto a milhares de outros de todo o mundo.
Para:
Dilma Rousseff, Presidenta da República Federativa do Brasil
Senador Renan Calheiros, Presidente do Congresso Nacional
Excelentíssimos,
Nós demandamos que o governo e o Congresso brasileiro: 
  • tomem todas as medidas necessárias para garantir o direito a liberdade de expressão e manifestação pacífica, conforme garantido pela Constituição Brasileira e pelas obrigações do país frente à legislação internacional, assim como para garantir a segurança dos manifestantes.
  • garantam que a polícia e outras forças de segurança sempre cumpram com a legislação e padrões internacionais para direitos humanos e a aplicação da lei, que definem que o uso da força é permitido apenas quando estritamente necessário e de acordo com o que seja requerido para o cumprimento de suas funções;
  • garantam que regulamentações que estejam de acordo com as leis e padrões internacionais sobre o uso da força, incluindo o uso de quaisquer tipos de armas (em particular armas “menos letais”), sejam implantadas sem demoras.
  • garantam que a polícia e outras forças de segurança recebam treinamento apropriado e efetivo para policiamento de manifestações de massa.
  • implementem mecanismos efetivos de responsabilização para a condução de investigações imparciais de todos os casos onde houver ferimentos ou morte causados pelo uso da força pela polícia ou outras forças de segurança, e que garantam que, em casos de uso desnecessário ou excessivo da força, os responsáveis sejam submetidos a processos disciplinares ou criminais, conforme adequado.

Assine a esse petição!
Ajude! Participe! Essa causa também é sua!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Comentando vocês nos incentiva a continuar postando e podemos saber de sua opinião quanto ao post e/ou o blog!

OBS: Por favor. Vamos manter a postura.
Sem xingamentos com palavras de baixo calão