4 de dez de 2013

[Review/ Zona de Spoilers] Lonely Hearts Club


 Você pode conferir a sinopse aqui: The Lonely Hearts Club - Sinopse

 Este é o primeiro review do blog e é sobre um livro que terminei faz um tempo (um bom tempo) e emprestei para várias amigas, o que foi bom porque as incentivei a ler.
 Só pra avisar, esse post contem todos meus comentários e pensamentos sobre o livro, ou seja, MINHA opinião.
 E se não quiser spoiler e só quer saber como é e do que se trata o livro, leia a sinopse.
 Ao contrário do que pensaram muitos, não comecei a ler por causa de um coração partido ou por já ter me apaixonado (o que, quem acompanha o blog sabe, nunca aconteceu comigo. Sorry, sou um coração de pedra), nem por ser fã de Crepúsculo até porque eu nem sou, só comecei a ler porque:
 1º A capa era bonita (sim, julguei pela capa e somente Deus pode me julgar).
 2º A proposta diferente me chamou a atenção.
 3º E eu ando assistindo e lendo muitos romances.

 A leitura é bem fácil, é um romance BEM adolescente, mas até que divertido. Senti que estava lendo uma fanfic, que se por um lado meio que pega mal pro livro, mostra que a leitura flui rápido (o que é uma ótima para pessoas que falam: "não gosto de ler livro" e só lê revistas e pré-adolescentes que ainda não acharam o livro certo).
 Mas, eu realmente gostei das referência de Beatles, sim, eu adoro "Black Bird".

 Vamos ao livro.
 Penny é uma garota dramática no colegial que teve seu coração triturado pelo ex (Nate, o garoto mais ogro que se possa imaginar com charme disfarçado, argh), quando o pegou pulando cerca - logicamente.
 Isso tá na cara até no prólogo:

 "Eu, Penny Lane Bloom, juro solenemente nunca mais namorar enquanto viver.
 Tudo bem, talvez eu reconsidere essa decisão em dez anos, ou algo assim, quando não estiver mais morando em Parkview, Illinois, nem frequentando a escola McKinley, mas, por hora, não quero mais saber de garotos. São todos a escória da humanidade, mentirosos e traidores.
 Sim, todos eles. A essência do mal.
 Claro que alguns parecem ser legais, mas, assim que conseguem o que querem, dão o fora em você e partem para o próximo avo.
 Então, cansei.
 Chega de namorar.
 Fim."

Bem aquele discurso de fim de namoro, não acham?

image

 E o clube nasceu oficialmente, com somente Penny de membro, em homenagem aos Beatles, graças a um poster que ela tinha no quarto (Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band).
 Logo que existe a melhor amiga da principal (Tracy) que no começo diz que é loucura, mas após umas decepciçõezinhas lá, outra acolá, bum, ela participa dos esquemas também.
 Depois de uma série de garotas participarem do grupo, é lógico que os meninos não ficaram felizes e tentaram derrubar o club, só que as garotas não queriam e lutaram por ele.
 Só que.
 A essa altura, Penny já estava apaixonada por Ryan (lógico que ia ter romance e ela ia achar um príncipe encantado), mesmo não admitindo para si mesma.
 Acho que o livro poderia ter sido  mais interessante se tivesse, sei lá, mais dificuldades?
 Teve até direito a um babaca (codinome: Todd).
 Qualé, Penny, você até conseguiu uma antiga amizade de volta (da popular Diane) e o jogo esteve sempre aberto para você quanto ao Ryan.
 Resumindo, nível de complicações ao longo do livro: zero.
 Poderia ter resolvido mais da metade dos seus "problemas" em um terço do tempo que ela levou na enrolação dela.
image

 Ou seja, é como aqueles filmes adolescentes: Garota Mimada, Tudo que uma Garota Quer, etc, etc (que eu assisto, admito) só que transformado em livro.
 Não me levem à mal, não estou dizendo que não mereça ser lido nem estou desmerecendo seu valor literário, somente estou escrevendo o que se passou pela minha mente após concluída a leitura. Sim, a leitura foi rápida e relativamente divertida, e foi chamado de "the best" por algumas amigas minha, então, fiquem com esta crítica ao final:
 "Não foi ruim... só... que parecia uma fanfic"


" I get by with a little help from my friends" - With a  Little Help From My Friends (The Beatles)

 Espero que tenham gostado do primeiro review aqui, sobre livros, e como vocês sabem os próximo, provavelmente, sairão melhores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Comentando vocês nos incentiva a continuar postando e podemos saber de sua opinião quanto ao post e/ou o blog!

OBS: Por favor. Vamos manter a postura.
Sem xingamentos com palavras de baixo calão