13 de nov de 2013

# 26 Coragem de ser você mesmo


# 26 Coragem de ser você mesmo

 Todos dizem isso.
 Essa frase tão bonita, mas que ainda não entrou na cabeça de outros.

"Seja você mesmo, sempre"

 Sinto até vergonha de dizer que eu já tentei ser outra pessoa, mas não deu certo. Não deu certo porque eu não pensava daquele jeito, não concordava com minha próprias palavras, atitudes, e comecei a afundar em mim e sentir como se tivesse me perdido. Naquela época, o mundo havia ficado mais apático, nada me emocionava e eu somente fingia que estava tudo bem.
 Odiava falar com as pessoas que tinham essa minha imagem. Tinha medo que ela se "quebrasse" e elas vissem quem realmente sou.
 Mas depois de um tempo, isso se tornou tão cansativo, chato, que eu pensei comigo mesma:

 "foda-se".

 Yeap, esse foi meu pensamento e ele é até hoje.
 Percebi que se eu quisesse sair daquele "mais sou menos" deveria parar de me importar com o que os outros dizem sobre mim, o que eu falo, meus palavrões, minhas roupas estranhas, a minha religião (Deísta, embora poucos saibam) e até mesmo o fato de eu ser uma garota nem um pouco delicada.
 Não existe ninguém igual a mim, com os mesmo pensamentos, gostos? Quem sabe, mas exatamente assim não há, e a mesma coisa com vocês.
 Tô nem ai se você é gay, negro, mulher, "boca suja", punk, muçulmano, otaku e o que for. Se você for legal comigo e respeitar a pessoa que sou, podemos conviver, e até ser amigos, de boa.
 Vi um vídeo da Lady Gaga, onde ela falava sobre o assunto e sigo a mesma linha de pensamento dela:

 Este blog é como minha casa, e, na minha casa, você pode ser o que você quiser.

 Mas, o que é essencial é:
 Você tem coragem de ser você mesmo?
 A partir do momento em que você sabe quem você é, você deve tomar essa decisão. 
 Tu vai continuar se escondendo atrás de uma mentira ou vai dizer na cara dos outros: "Sim, essa sou eu. E eu pouco me ferrando para o que vocês acham".
 Só quando você aceitar quem você realmente é que os outros deverão te respeitar. O auto reconhecimento, respeito e, até mesmo, amor é o princípio de tudo, só quando você estiver disposto a respeitar a si mesmo e aos outros, que as pessoas deverão fazer o mesmo.
 Só não coloco minha foto aqui no blog porque sou menor de idade, mas, se até os 18 eu ainda escrever aqui, com certeza, eu irei colocar. Não tenho vergonha das coisas que gosto, dos meus pensamentos diferentes, não ligo, não ligo porque vivo em um país (relativamente) livre e eu posso ser quem eu quiser ser.



Acho que está faltando um pouco de verdade nesse mundo. Falta fé. Falta você acreditar que pode agradar o outro sendo quem é. Sem ter que fazer mágica, já que a mágica está em poder viver bem consigo mesmo. E só.
— Clarissa Corrêa.

10 comentários:

  1. Concordo completamente. Todos nós já passamos por um momento no qual pensamos que ser outra pessoa poderia ajudar a resolver tudo, mas na verdade não. :/ ADOREI!

    ACESSO PERMITIDO. <3
    http://acessopermitidoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, exatamente, mas ai acontece que só piorou, tipo, muito!
      Obrigada, oh, gosh, estou enrubescida >///////<

      Excluir
  2. Eu sempre uso essa frase do seja você mesmo, sabe eu sou um tanto peculiar, sou daquelas meninas mais delicadinhas, as vezes, não gosto de falar palavrão(só alguns) e as vezes tenho ações que não condizem com minha idade, ai tem pessoas que não gostam e tentam o tempo todo me mudar, eles falam tipo 'ah tu tem que parar de ouvir tal música' 'você não acha que já passou da idade de parar de te rum blog' 'você devia mudara s cores das suas roupas', por muito tempo eu tentei mudar pras outras pessoas gostarem de mim, mas percebi que acima de tudo eu tenho que gostar de mim, que eu tenho que estar satisfeita com minhas ações e gostos e hoje nem ligo mais pra opinião alheia. Já em relação a religião, também sou alvo de criticas, já que não frequento igreja nenhuma e as pessoas tentam me dar lição de moral dizendo que tenho que ir em alguma igreja encontrar Deus e tals, sabe, aquele tipo de pessoa que vai pra igreja mais fica mexendo no facebook e combinando de ir pro bar depois que sair de lá, então prefiro não ir pra igreja do que fazer coisas que julgo erradas...
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Sempre falam um monte pra mim, mas agora eu retruco de volta. Defender aquilo que você acredita e ser quem você é, eu acho, é o essencial para ter uma "boa" vida.
      Sei bem como é, eu sou de uma família super religiosa, você imagina como é aos domingos, né? Olha só que engraçado, minhas tias todas que não faltam um domingo enquanto meus irmãos são ateus e eu sou deísta, pelo menos minha mãe sempre disse: "as pessoas vão falar sobre você, vão tentar dizer que está errado você acreditar nisso, mas enquanto você saber quem você é essas pessoas não te afetar".
      Mamãe sabedorias <3

      Excluir
  3. Oie tenho uma tag pra vc >>
    http://k-dramaonline.blogspot.com.br/2013/11/nova-tag-doramaniacos-anonimos.html

    ResponderExcluir
  4. Eu também já tentei ser outra pessoa, mas tal como a vc, comigo também não correu bem... e no fim acabei ficando perdida sem saber muito bem quem eu era.

    Entendo perfeitamente o que é isso, eu não fui aceite durante muitos anos, e mesmo neste momento, muitos não me aceitam tal como eu sou... no entanto eu aprendi a viver sem ligar para o que eles dizem (ou querem dizer) já me rebaixei muito devido a todos esses seres que não merecem a minha atenção. Por isso acho que vc faz bem para essa gente, não lhes dê importância. Os bons acabarão por ficar do nosso lado!
    Ainda bem que podemos conversar e ser amigas!! ^^

    Concordo com o que vc disse, e por cá existe uma frase bem conhecida que diz ''Se eu não gostar de mim, quem gostará?'' e ela diz tudo! Por isso temos todos de ter essa coragem para nos aceitarmos tal como somos e daí já podemos gostar de nós e aceitar os demais.

    Confesso que não conhecia essa musica ._. mas mexeu no meu coração

    Kissu ~♥ || Pankax&Pankadax

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que todo mundo já tentou, agora estou curiosa para saber o porquê...
      Só sinto por ter demorado tanto para descobrir isso, teria sido mais feliz naqueles anos se alguém tivesse me dito isso XD
      Essa frase é conhecida por aqui também.
      Tem outra boa... "Recalque de piranha não atinge sereia" kkkkkkkkkkkkkkkkkkk LOL
      Essa música é muito boa, vlh!

      Excluir
  5. É complicado. Essa coisa de ser o que você realmente é X o que os outros querem que você seja. Tem vezes que ficamos mais frágeis, e acabamos mudando nosso jeito (pelo motivo errado). Eu acho difícil encontrar alguém que nunca passou por isso. Eu mesma, já passei. E não foi fácil... Mas quando começa a a doer demais, vemos que não é a melhor escolha. O lance é esse, sim. Ter coragem de ser quem realmente é. Depois acostuma. Deixa de ser coragem e vira rotina.
    E para completar, concordo totalmente com a frase que o RafaKnight citou "Se eu não gostar de mim, quem gostará?" E viva o amor próprio! E a originalidade de ser o que realmente é. Beijão, bom domingo! *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Demorou MUITO para que eu tivesse essa coragem, na boa.
      Mudar é normal, mas mudar pelos outros é sacanagem com você mesmo, sei lá, eu acho isso.
      Que bom que tu pensa como eu e tem a coragem que poucos possuem.
      Brigaduu su linda \o/

      Excluir

Não saia sem comentar!
Comentando vocês nos incentiva a continuar postando e podemos saber de sua opinião quanto ao post e/ou o blog!

OBS: Por favor. Vamos manter a postura.
Sem xingamentos com palavras de baixo calão