5 de jul de 2013

#13 Eu nunca disse que faria o que é Direito.

Não. Eu não sou um exemplo.
#13 Eu nunca disse que faria o que é Direito.

 Eu não sou um "exemplo" de bondade, de honestidade nem nada parecido. Tento fazer as coisas que acho certas, mas isso não quer dizer que você deve me ter como exemplo ou acreditar em tudo que digo.
 As pessoas tem a estranha mania de acreditar em uma pessoa de maneira absoluta, e esquecerem que os seres humanos, por natureza, são propícios a erros.
 Eu já tenho em minha mente que jamais serei perfeita, e quer saber? Estou perfeitamente "okay" com isso, até satisfeita (imagina que saco ser "perfeitinha" em todos os sentidos? Que porre velho, viu, nem poderia falar isso).
 Mas isso não impede que terceiros nos idealize, não? Até na internet, ou os famosos, ou até os parentes que você vê de vez em quando e conversa pouco - muitos devem lhe achar um "santinho", não?
 E que decepção deve ser quando se quebra essa "perfeição", não? Já ri muito dessas pessoas.
 Apesar de que, eu também já criei muitas imagens perfeitas de pessoas que mal conhecia, só que diferente da maioria, não me decepcionei em nada quando percebi que a pessoa  não era nada disso, já esperava por isso, afinal, é impossível existir alguém maravilhoso em todos os sentidos.
 As vezes, também, eu percebo que alguns "defeitos" - que muitos não suportam - é o que tornam a pessoa legal, e, mais importante, única.
 Devemos aprender a gostar, ou ao menos suportar ou fingir que surporta para manter a compostura, todas as pessoas e aceitar que todo mundo erra e que as pessoas mudam (para melhor ou pior, mas ai vai do pensamento de cada um).

E, na boa, só vou te deixar me julgar quando pagar as minhas contas.

Toda noite paro e penso “como eu mudei tanto?” Sinceramente, eu ainda não encontrei a resposta.
— Prestigiador.

2 comentários:

  1. Desculpa pela demora em comentar, é que eu vou viajar amanhã (por isso não comentarei até o fim do mês) e todo o resto... Nisso eu concordo plenamente. Eu tenho uma amiga que fala demais! Tipo, muito mesmo, sobre coisas que você nem quer saber ¬_¬ Mas quer saber? Ela é uma das pessoas mais verdadeiras e puras que eu conheço ( e que estou prestes a poluir a mente kkkk) Quando eu conheci fiquei tipo: "Que chata" mas depois, aprendi a ver as qualidades dela. Sou contra a formulação de imagem precipitada de uma pessoa. Acho que só se deve julgar alguém quando conhecer seus defeitos e qualidades (e quando começar a pagar as contas dessa pessoa hihihi).
    Ja Na!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LOL, é uma coisa natural da gente (eu acho) ter "primeiras impressões", é um mecanismo de defesa também desconfiar dos outros, mas quando a gente conhece muda completamente o nosso julgamento sobre a pessoa, mas, na boa, ficar constantemente julgando alguém pra quem você nem disse "oi" é outra coisa completamente diferente, e isso me irrita, tipo, muito U.U
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK eu acho que eu sou a "amiga faladeira" do grupo aqui XD

      Excluir

Não saia sem comentar!
Comentando vocês nos incentiva a continuar postando e podemos saber de sua opinião quanto ao post e/ou o blog!

OBS: Por favor. Vamos manter a postura.
Sem xingamentos com palavras de baixo calão