24 de jan de 2013

Goong


 Review sobre o drama Goong {sinopse, primeira impressão e comentário em geral, informações e básicas e elenco}.
 Agora que terminei Goong estou prosseguindo com minha pesquisa sobre Black Wolves Saga, sim, minha maratona de jogos otomes sobre coisas místicas continua!

 ATENÇÃO: AQUELES QUE NÃO ASSISTIRAM AO DRAMA-
ESTE REVIEW CONTÉM SPOILERS
OU SEJA: REVELAÇÃO DA TRAMA

CASO QUEIRA DESCOBRIR SOZINHO, VÁ ASSISTIR E DEPOIS RETORNE PARA LER.
OU, SE VOCÊ FOR UM CAÇADOR DE SPOILERS E/OU NÃO SE IMPORTAR COM ISSO
CONTINUE LENDO APÓS A SINOPSE.


clique para ver as imagens maiores


Sinopse:

Shin Chae Kyung é uma estudante de design que parece meio retardada. Vive na Coréia onde ainda existe a monarquia, e a família imperial é muito apegada a antigas tradições.
O rei descobre sofrer de uma grave doença degenerativa e seu filho, o príncipe herdeiro Lee Shin, tem que se preparar para assumir o trono, porém a primeira coisa que ele deve fazer é se casar.
A família real lhe dá um prazo, mas acaba que o principie é chutado porque aquela a quem pediu a mão recusou para não abrir mão de seus sonhos.
Nosso pequeno herdeiro se vê, então, obrigado a aceitar o contrato imposto por seus pais.
O avô de Shin, quando vivo, tinha um amigo plebeu que muito lhe era precioso. Como uma demonstração de amizade, o antigo rei fez um contrato com esta pessoa fora da realeza em que eles uniriam as suas famílias um dia através da união de seus netos.
Então, a menina retardada - Chae - descobre ser candidata a princesa real.

Elenco Principal e Informações:

Título: Goong (Gung)
Outros nomes: Palace/ Princess Hours/ Casa Imperial
Gênero: Romance e Comédia
Episódios: 24
Período de Transmissão: 11 de Janeiro de 2006 -- 30 de Março de 2006

Produtora: Eight Picos
Diretor: Hwang In Roe
Obra original: Manhw por Park So- hee
Roteirista: No Eun Ah.

Yoon Eun Hye como Shin Chae Kyung
Joo Ji Hoon como [Crown Prince Mu Won] Lee Shin
Kim Jung Hoon como [Eui Sung Goon/ Dae Goon] Lee Yul
Song Ji Hyo como Min Hyo Rin


Primeira Impressão e Comentário:

Assisti esse drama primeiro porque a capa me intrigou. Agora o próximo será City Hunter.
Bem, eu gostei da proposta aqui do drama.
Uma garota que descobre que pode se tornar a "Futura Mãe da Pátria" e o príncipe que está apaixonado por outra que será forçado a se casar com alguém que também não o ama.
E o trama até que começou muito bem. Não consegui desligar o note - assisti tudo em menos de uma semana.

Aqui um quadrinho do site Drama Wiki mostrando as relações iniciais.


Como isso é um drama, é comum ter triângulos amorosos, esse não é diferente.
O primo de Shin- Yul - se apaixona pela principal, e como nosso príncipe já ama outra não percebe isso, né. 
Chae sofre por amar o Shin que ama Rin (uma bailarina linnddaaa de morrer), e é tão estupida que não nota o lindo Yu, que fica com cara de cão abandonado sempre que ela fala e/ou corre atrás do Shin, se bem que no mangá ele fica bem dark, mas e daí? No dorama prefiro ele!
Eu acho que eles formariam um casal melhor - eu e minha mania de shippar quem eu sei que não vai ficar junto.


Vou falar um pouco do Shin.
 Ele é, somente, o personagem mais indeciso da história de todos os doramas! Não sabe o que quer até o último minuto do drama - quando milagrosamente ele se decidi. 
Mandão, rude, com sérios problemas de personalidade ele é o ídolo da escola. Quase perdeu a principal por ficar enrolando, mereceria ficar a ver navios se querem minha opinião.


Eu não acho que eles funcionem como um casal. Na minha opinião isso não tá "parecendo" certo! Não vejo química, não vejo contexto nem sintonia entre os dois... Diferente do mangá em que eu achei muito mais divertido o relacionamento dos dois - e acho que foi só pela ilustração.

 

Falando na ilustração não achei a atriz que interpretou a Chae parecida com a personagem. Sei lá, acho que a ilustração tá mais legal, decidida e tudo o mais, menos idiota (apesar das ações continuarem idiotas).


Ahh, mas o dorama possui contrastes com o mangá. E um dos mais perceptíveis é a "véia" que é a rainha viúva e avó do Shin e Yu. No mangá ela é mais sem noção... Mas eu AMEI a atriz, sou fã dela agora!

 

A Vilã Master é a mãe do Yu. Ela havia se casado com o irmão mais velho do atual rei, só que ele morreu e o trono passou para seu irmão. Sem opções, ela e Yu foram obrigados a abandonar o palácio já que não eram mais herdeiros - ela não seria mais rainha e ele príncipe.
Obviamente ela jurou vingança.


A única pessoa que notou que ela era uma víbora foi a atual rainha - mãe de Shin - que sempre desconfiou que o santo tava gordo pro lado da megera. A rainha é um dos personagens mais rígidos quanto à tradição, eu até fiquei meio que com medo dela, porém é um dos personagens mais inteligentes e legais da trama.


Falando em personagens legais, outro foi a irmã do Shin. A princesa mais legal do MUNDO! Tanto é que ela viajou par muitos lugares, cortou o cabelo, chama a rainha de "mãe" mesmo sendo proibido, ou seja, chutou o balde mesmo e eu respeito muito ela por essa atitude corajosa diante a realeza!


EU ODEIO O REI! Ele fica falando de coisas sobre honra e tradição, mas quem traiu a rainha com a cunhada, hein, hein? Isso mesmo que vocês leram, a mãe do Yu teve um caso com o Rei! O maior hipócrita de todos os tempos! É por isso que ele fica puxando sardinha pro Yu quanto ao trono, porque tá "in love" pela mamãe dele!


Não é possível! Deve existir uma lei assim:
"Estais decretato que; todos os parentes da principal de doramas coreanos devem ser irritantes e/ou com síndrome de pobreza alheia e/ou sem modos e ignorantes sem cultura"
Tudo bem que estes são mais sou menos (diferente dos pais da principal de Boys Over Flowers), mas mesmo assim, ainda rezo para ver alguns parentes normais para as personagens principais nos doramas.


Ainda não entendi os dos ursinhos no final, mas ok...
Resoluções finais: *casar com um príncipe nem sempre é como nos contos de fadas. * personagens principais retardadas me irritam. *sempre irão se apaixonar pela sem sal *#YuBolado




Teaser Musical:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Comentando vocês nos incentiva a continuar postando e podemos saber de sua opinião quanto ao post e/ou o blog!

OBS: Por favor. Vamos manter a postura.
Sem xingamentos com palavras de baixo calão